<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, maio 31, 2004

Audrey, Linda! 



Se alguém tinha dúvidas, aqui fica a prova "dos nove", é linda mesmo, a mais bonita, por dentro e por fora, uma "rainha", uma lembrança eterna.




quinta-feira, maio 27, 2004

Vóvó 

A Vóvó é querida, a sério que é. É uma daquelas Senhoras, que é boa Mãe, boa Avó, boa Companheira, cozinheira, e até boa Sogra.

Mas a Cerejinha, que é uma boneca cheia de mimos, ainda não adoptou a Vóvó.

Desde ontem que está aos seis cuidados e cada vez que olha para ela faz um beicinho do tamanho da cara e chora desalmadamente.

Depois de chorar uma hora seguida soluça outra hora, mesmo durante o sono soluça.

Tadinha da minha boneca! Tadinha da Vóvó, que já acha que ela não gosta dela.

E eu??? Todos os dias fico com um aperto no coração. Com a certeza de que ela melhor não podia ficar, mas...

Obrigada Vóvó por ter tanta paciência, tanta dedicação e carinho.
Coragem Cerejinha, a Vóvó é querida e breve, breve não vais querer mais ninguém!

terça-feira, maio 25, 2004

Olhó Óscar 

O que vale é que nos contentamos com pouco. O que aquela malta, ontem á noite, pulou com os seus "óscares", como se sentiram importantes, os melhores do mundo.

Resta saber quem votou em quem, resta saber se quem votou sabia no que estava a votar. Quantos dos que votaram na categoria de cinema e teatro já viram o filme ou a peça na qual votaram (Quaresma, Nha fala, Kopenhaga e por aí fora).

Somos o País do poucochinho, poucochinho mas felizes, pelo menos foi a imagem com que fiquei depois de ver o Jorge Gabriel quase a chorar com a sua estatueta dourada, qual hollywood.

Mas vi, quase tudo, pensei pra comigo, levas com esta seca, mas sempre podes falar, cortar, elogiar???? Além disso, se não tivesse visto, hoje não tinha conversa aqui para o people. ía fazer papel de ingnorante.

Gostei de uma banda com nome de fruta, da qual já tinha ouvido falar, mas nunca tinha ouvido tocar, não me pareceram nada mal.

Gostei da co-produção SIC/RTP, que lindo o medley oferecido pelos meninos da OT e dos Idolos.

Enfim, resta-me a alegria de que Portugal não é só isto!

segunda-feira, maio 24, 2004

Praia...Mar...Paz 

Vento, algum! Nem outra coisa seria de esperar na Praia do Abano.

Não há vento que impeça duas crianças pequenas e cheias de energia de se divertirem até à exaustão. Correram, molharam o que deviam e o que não deviam, jogaram ao "gordo", falaram com quem não conheciam, riram, encheram a roupa, o cabelo e a boca de areia...

Não há como uma praia espaçosa para fazer uma criança feliz.

Embora nos exija uma atenção redobrada a proximidade de um Mar agitado, uma tarde de praia e o riso de crianças felizes transmite toda a PAZ e força necessária para iniciar mais uma semana de "claustro".

quinta-feira, maio 20, 2004

Curtas 

"Come os bróculos que fazem bem.
Não gosto destas flores, estão envenenadas!
O Peter Pan come muitos bróculos, por isso é que é verde. Oh Mãe estás duffy, o Peter Pan é cor de rosa, a roupa é que é verde..." (fim de argumentação, deixa os bróculos num canto do prato).

"Pára de coçar os olhos, com essa força toda vais magoá-los, e os olhos são o orgão mais importante que nós temos. Ai são?!!! Pensei que fosse o coração..." (tá bem coça lá os olhos!)

terça-feira, maio 18, 2004

O Regresso 

Regressei, faz hoje uma semana.
Tenho andado meio anestesiada, a tentar voltar a um ritmo regular.
É complicado. Há quem não goste deste período de descanso e dedicação!!!! EU ADORO.

Sinto falta da minha boneca, da minha casa, do meu dia sem horas, de fazer o que me apetece sem ter de dizer o quê, onde, quando, etc.

Mas, infelizmente, era um mal necessário, ainda não posso viver dos rendimentos(talvez nunca possa!), nem à sombra de ninguém, por isso, voltei.

Esforço-me para que estas horas sejam apraziveis e muito ocupadas para não recordar o que deixei para trás.

O trabalho começa a "chover", em breve não vou ter muito tempo para pensar em mais nada, resta-me o horário reduzido, que faço questão de cumprir ao segundo.


quarta-feira, maio 12, 2004

Um Dia...  

"Às vezes até parece, que não vai dar não apetece não!"

Mas depois, a vida continua, e as coisas boas retomam o seu ritmo normal.

Um dia de cada vez, um atrás do outro, cada vez mais e melhor!

sexta-feira, maio 07, 2004

Mundo... 

A Al Qaeda oferece 10 kilos de ouro pela morte de Koffi Anan.

Sr Koffi Anan pelo que espera: ofereça pelo menos dois bifes com batatas fritas e meia dúzia de camelos para que acabem com a raça do Bin Laden primeiro.

É triste admitir, mas desejo muita sorte ao Koffi Anan, porque daquele povo atrasado tudo se espera e neste momento a cabeça dele vale muito dinheiro.

segunda-feira, maio 03, 2004

Mãe! não...MÃEEEEE 

Foi um dia bem passado. A minha MÃE estava feliz. Com as suas duas filhas e os seus quatro netos, braços e bochechas cheias de abraços e beijos lambusados.

Eu radiante, com os meus três Princípes, presentes lindos "handmade".

Um postal do Gui, feito por ele, com um texto (a computador, pela educadora) lindo, de Almada Negreiros:

" A Flor

Pede-se a uma criança. Desenhe uma flor! Dá-se-lhe papel e lápis. A criança vai sentar-se no outro canto da sala onde não há mais ninguém.
Passado algum tempo o papel está cheio de linhas. Umas numa direcção, outras noutras; umas mais carregadas, outras mais leves; umas mais fáceis, outras mais custosas. A criança quis tanta força em certas linhas que o papel quase não resistiu.
Outras eram tão delicadas que apenas o peso do lápis já era demais.

Depois a criança vem mostrar essas linhas às pessoas: Uma Flor!
As pessoas não acham parecidas estas linhas com as de uma flor!

Contudo a palavra flor andou por dentro da criança, da cabeça para o coração e do coração para a cabeça, à procura de linhas com que se faz uma flor, e a criança pôs no papel algumas dessas linhas, ou todas. Talvez as tivesse posto fora dos seus lugares, mas são aquelas as linhas com que Deus faz uma flor!"

This page is powered by Blogger. Isn't yours?